terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Então é Natal...



Então é Natal, e o que você fez?

Eu fiz muitos amigos aqui, conheci tanta gente, aprendi tanta coisa, ganhei presentes, dei outros tantos, me diverti, desabafei, recebi amigos...

É comum nós pensarmos que o ano passou tão depressa, que nada aconteceu, ou que o ano nem foi tão bom assim.

Não eu, eu acho que o Ano foi maravilhoso, acho que valeu cada dia, acho que cada experiência vivida, seja ela boa ou nem tanto, faz com que a gente cresça, nos faz melhor de alguma forma.

E agradeço imensamente por tudo que vivi.

No primeiro dia do ano, eu fiz uma lista de coisas que queria fazer em 2011, e guardei lá num cantinho da minha agenda, e agora, fui lá olhar, porque nem lembrava mais o que tinha escrito.

Fiquei surpresa...

O meu primeiro desejo era ser mais paciente, e confesso que nem sempre eu consegui. Eu sou do tipo de pessoa atacada, que precisa das coisas para ontem, que pensa rápido, que age mais rápido ainda, que não tem o dom de ficar sentada esperando as coisas acontecerem, que vai lá e faz, porque vai dar certo, já que o otimismo, isso sim me é uma virtude!

Mas qual o problema de ser assim? Eu te digo, e digo que eu espero o mesmo dos outros, espero a minha atitude nas pessoas, e não são raras as vezes que me decepciono, que me indigno, que me revolto, porque pra mim, soa como descaso quem age diferente!

Embora eu saiba que não, não é porque alguém não faz as coisas da forma como eu faria, que ela não fez de coração, que ela não quisesse fazer, é só porque as pessoas são diferentes e agem de forma diferente.

Eu queria conseguir pensar duas vezes antes de dar uma resposta atravessada, antes de falar uma verdade insólita, antes de me cansar de ouvir...

Mas isso é o meu lado racional que sabe, o outro, aquele mandado pelo coração, fala rápido demais, e esquece da paciência num piscar de olhos, coisas de arianos!

E em 2011 eu me esforcei tanto para conseguir, que estou aqui escrevendo isso, que é para que eu não esqueça de continuar exercitando a paciência em 2012, porque como disse a Pitty, "exercita a paciência e guarda os pulsos pro final", porque 2012 está chegando, e com ele, a esperança de que sempre podemos fazer melhor!

E a gente vai conseguir fazer um ano novo cheio de coisas boas, porque se a vida não for doce, a gente faz um bolinho de chocolate e dá um jeito nisso.

Eu desejo que você tenha um Natal encantado, e um Novo Ano cheio de conquistas, e que sejamos merecedores de cada vitória.

FELIZ NATAL E UM ÓTIMO 2012 PRA VOCÊ!

Beijinhos
Juju Bombana

4 comentários:

VOVÓ CRISTINA disse...

Juju, adorei suas palavras, adorei seu desabafo. É muito legal quando conseguimos reconhecer onde foi que erramos e onde podemos melhorar.

É complicado ter pilha "Duracell", querer as coisas pra ontem, já fui assim e confesso que aprendi com o tempo, que tudo tem um tempo certo pra acontecer e que não adianta acelerarmos demais, pois temos é que descobrir e seguir o fluxo do rio, nos equilibrarmos pra não correr demais e nem deixarmos o tempo passar sem nada a fazer, né?

É bacana quando aprendemos a lidar com tudo isso, as vezes espanta pois a maturidade e a idade nos faz pensar diferente mesmo.

Desejo que Papai Noel traga muita paz e saúde pra você. E que todos os seus peojetos tenham êxito em 2012. Obrigada pelo carinho.

Beijos,
com carinho,
da Vovó Cristina

Josy disse...

Lindo relato Juju, verdadeiro e emocionante.
Feliz Natal pra vc tbm querida, que vc e sua familia tenham um Ano repleto de realizações,saúde, prosperidade,paz e muitas alegrias. Bjos

Fê Dayrell disse...

Juju, recebi meu presente e gostei demais (meu filho então nem se fala, toda hora pede para fazer um cupcake diferente, já até aprendeu a falar cupqueiiiique).
Passei para te desejar um Natal iluminado.
Bjo

Patrícia Lara disse...

Ju, um feliz Natal para você também, de muito amor, paz e alegria!
Bj grande
Patrícia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...